sexta-feira, 25 de julho de 2008

A PERSPECTIVA DE FILIPE SANCHES

" (...) A voz filosófica está silenciada em Portugal porque não nos reconhecemos uma identidade. Tudo isto pode mudar e já há louváveis nomes e esforços neste sentido… João Branquinho, Desidério Murcho, Jorge Dias… porque não?
A SPF não tem relação suficiente com os docentes do ensino superior nem inagem nem capacidade directiva para projectar profissionalmente os seus membros que vivem numa angustiante auto segregação por falta de confiança nos colegas e num desejo utópico de sucesso e estatuto intelectual… ou não será? Dasein? Nada contra…. pode até ser muito útil ou pelo menos assim o dizem unanimemente os conferencistas estrangeiros que visitam Portugal e dão palestras únicas a que nem sequer a comunidade filosófica atende…
É preciso primeiro unir os filósofos… aprender a discutir construtivamente, e depois criar e estimular a livre criação das presentes gerações de formandos… nas palavras de quem mais em Portugal faz pela Filosofia: “há muito para fazer”."

por: filipe.sanches@gmail.com on Junho 1, 2008 at 12:07 am
IN Fórum de Filosofia.

Sem comentários: